💧 RD Station Bday

+ Netflix apresentação resultados

Bom dia Droppers.

Hoje eu aprendi: que a William Wrigley começou oferencedo fermento em pó como brinde para seu sabonete. O fermento acabou se tornando mais popular e ele passou a oferecer chiclete como brinde. O chiclete então se tornou mais popular e a tornou a empresa líder mundial no segmento de, chicletes.

No drop de hoje, em 5 min e direto ao ponto:

  • A RD Station completou 13 anos.

  • O que rolou mundo afora: Fyre Festival, MrBeast, Zendesk, Byju

  • Uma nuvem pra chamar de sua!

  • O que rolou Brasil adentro: Servcom, Selbetti, Vela Bikes, Rhino

  • Copo Americano, meio brasileiro, meio soviético

  • Netflix, sua nova TV a Cabo

Techdrop é a newsletter de tecnologia e negócios com notícias e análises inteligentes - sem ser chatas - direto ao ponto e direto no seu inbox.

A RD Station completou 13 anos!

resultados digitais, rd station, totvs, saas, inbound

Essa semana o pit stop favorito do movimento de Inbound Marketing no Brasil está apagando velinhas, a RD Station completa 13 anos de idade. Então resolvemos fazer um “do fundo do baú” sobre a trajetória da brazuca que jogou o jogo startupeiro com maestria e é hoje considerada o maior exit privado no mercado de software as a service brasileiro. Seat and Learn:

  • 2010: Lançamento do blog Sistemarketing

  • 2011: Consultoria de marketing para 30 empresas e lançamento do “Relatório Diário"

  • 2012: Lançaram a ferramenta RD Station, 100 primeiros clientes e Angel Round

  • 2013: Série A de R$5mi com a DGF + 1º RD Summit para 300 pessoas

  • 2014: 2º RD Summit para 1300 pessoas (veja o keynote do ex-CEO Eric Santos), 1.500 clientes, 100 funcionários, lançamento do programa parceiros

  • 2015: Série B de R$15mi com a Redpoint, 3k clientes, Summit para 3k pessoas, 230 funcionários.

  • 2016: Série C de ~U$19mi com a TPG, Summit para 5200 pessoas, 370 funcionários, 8k clientes

  • 2017: +10k clientes, RD Summit para 8k pessoas, 580 funcionários

  • 2018: Comprou a startup Plug CRM por valor não divulgado

  • 2019: Série D de U$50mi (+R$200mi) com a Riverwood, RD Summit para 12k pessoas

  • 2020: +20k clientes, rebranding da Resultados Digitais

  • 2021: Adquirida pela TOTVS por R$1,8bi (Exit)

  • 2022: Comprou startup de atendimento multicanal Tallos por R$6,7mi

  • 2023: Comprou startup de pré-vendas Exact Sales por R$51mi

  • 2024: 50k clientes 👏

Com a aquisição de 92% por ~R$1.8bi, os investidores que detinham 80% do capital alcançaram a tão desejada liquidez. Já o restante ficou para os 5 founders, que foram parcialmente liquidados e parcialmente detidos por um earnout que dura até este ano.

Mas, pelo andar da carruagem, é por ali que eles devem ficar: a RD assumiu a responsabilidade da vertical de business performance da TOTVS, continuou com liberdade operacional, fez novas aquisições e foi uma das maiores responsáveis pelos ótimos resultados trimestrais da sua nova casa!

O que rolou mundo afora

  • Fyre Festival: que depois do fracasso da primeira edição ganhou até doc na Netflix, está de volta (com seu founder fora da cadeia).

  • Brex: demite 20% da galera depois de queimar $17mi/mês no último tri. Lembram da matéria do Drop de 9 dias atrás?

  • Mr. Beast: aparentemente está negociando seu próprio programa com o Prime Video da Amazon em um deal de até U$100mi.

  • Zendesk: está adquirindo a startup de gerenciamento de qualidade baseada em IA, líder do setor, Klaus.

  • Byju: a edtech indiana que já esteve avaliada em U$22bi, busca nova rodada de investimento, dessa vez com valuation de U$2bi (-90%).

Uma nuvem para chamar de sua!

Apresentado por HPE GreenLake

Quando você ouve nuvem te lembra tecnologia e aquela partícula de fumaça suspensa no céu? Bom, se você é leitor do Drop, pensou Cloud! Agora, já imaginou ter uma “nuvenzinha particular”? 

Na HPE, eles não acreditaram somente no poder da tecnologia. Eles acreditam no poder das pessoas quando a tecnologia trabalha para elas. E como o mundo todo está caminhando para viver dentro da nuvem, que tal ter uma nuvem para chamar de sua. Flexível, híbrida, segura, personalizável e privada?

Essa é a inovação da vez da HPE, a Private Cloud HPE, uma experiência tech que impulsiona seu negócio te dando:

  • Flexibilidade: atenda às demandas do seu negócio, inclusive nos fins de semana, com um simples apertar de botão. Simples assim! 

  • Eficiência: com uma solução flexível que se adapta às suas demandas, aumentar a produtividade se torna inevitável quando a tecnologia está alinhada com as necessidades da sua empresa.

  • Previsibilidade com redução de custos: uma dupla imbatível! Os olhos até brilham quando falamos nisso, não é? Na HPE, previsibilidade não é apenas uma promessa, é expertise em ação.

Ficou curioso? Emocionado? Ávido por mais? Incrédulo talvez? Checa por conta própria o que a HPE pode oferecer e o conteúdo que eles prepararam sobre o universo do Private Cloud através do portal HPE GreenLake Space!

O que rolou Brasil adentro

  • Servcom, a desenvolvedora de software para cartórios e hotéis, é a mais nova aquisição da Vela Latam (braço da Constellation).

  • GovernarTI, a startup de gestão da segurança e software financeiro, é a mais nova aquisição da Selbetti, integradora de outsourcing tech.

  • Vela Bikes, a fabricante de bikes elétricas com app de aluguel, pediu falência e encerrou as operações no Brasil.

  • Rhino, o app de carona com carros blindados e salário fixo para motoristas, abre operação na capital paulista.

Copo Americano, que é brasileiro, meio soviético

copo americano, nadir figueiredo, private equity

Uma das paixões brasileiras é o tal copo americano. Afinal, quem nunca tomou um cafezinho preto na casa da vó, um pingado na beira da estrada, uma geladinha no happy hour do boteco ou aquela coca gelada acompanhando a feijuca. Mas a história do versátil copinho de vidro vai muito além do que você imagina:

  • O copo é inspirado no design soviético da artista russa Vera Mukhina, e foi projetado para caber nas máquinas de lavar louça da época.

  • A Nadir Figueiredo, fabricante do copo (e de outros utensílios domésticos) detém o registro do copo de 190ml desde 1947.

  • Quando Nadir trouxe a primeira máquina para fabricar o copo, ela veio dos EUA, daí o nome Copo Americano.

  • No início, eram produzidos 12 copos por hora, depois 30 por minuto, atualmente são 400 por segundo.

  • Até o ano de 2010, já haviam sido produzidos +6 bilhões de unidades.

  • O copo é tão amplamente utilizado no país que já virou medida padrão de receitas culinárias.

  • Em 2009, o MoMa (museu de arte moderna), em Nova York, expôs o copo como um símbolo do design Brasileiro.

Em 2019, a private equity H.I.G Capital, de Miami nos EUA, adquiriu o controle da brasileira Nadir Figueiredo e, com isso, finalmente transformou o copo brasileiro-americano em copo americano.

Ps: as 6 bilhões de peças produzidas, que pesariam um total de 630 milhões de toneladas, enfileiradas, chegariam a 402 mil km, ou 10 voltas na Terra.

Netflix, sua nova TV a Cabo

netflix, esportes ao vivo, tv a cabo, wwe

Não demorou nem uma semana depois da Prime Vídeo adquirir os direitos de transmissão dos jogos da NBA, MLB e NHL da Diamonds para que a Netflix também fizesse sua jogada: um deal de $10bi por 5 anos para transmissão da queridinha da TV a Cabo, a WWE (Wrestling).

A novidade foi apresentada durante a apresentação de resultados do último trimestre (Q4’23):

  • Novos Assinantes: +12,8% (+13,1 milhões).

  • Total de Assinantes: 260.3mi

  • Receita: +12,5% ($8.83bi)

  • EBIT: +172%

  • Margem: 16.9%

  • Resultado Líquido: $937.8mi (ou $2.11 por ação).

Depois de esmagar as expectativas dos analistas de Wall Street (em ganhos, receita, assinantes, margem, mas não em lucro por ação), Greg Peters, co-CEO da Netflix reafirmou que “o mercado de filmes, jogos, publicidade (plano com ads) e TV paga é uma oportunidade de U$600bi - e hoje a Netflix representa meros ~5% do todo, há muito espaço para crescer”.

A galera curtiu e as ações subiam ~9% no fechamento do mercado.

Contra dados não há argumentos

img via SavvyTrader

Stats do dia

Além de Wall Street, a Netflix parece ter também impressionado Hollywood, recebendo 18 nominações a Oscar deste ano. Segue a lista:

Disney: 20
Netflix: 18
Apple: 13

via Oscar

Compartilhe o TechDrop e ganhe prêmios

Quanto mais compartilha, mais inteligentes ficam seus amigos e mais presentes você ganha.

Você está com 0 indicações. Faltam 10 para ganhar a Livro

O que achou da edição de hoje?

Login or Subscribe to participate in polls.

Join the conversation

or to participate.