• TechDrop
  • Posts
  • 💧 U$1 para provar para Elon que você não é um Bot!

💧 U$1 para provar para Elon que você não é um Bot!

+ Os presentes da Disney de 100 anos + O Fim das turbulências

Bom dia Droppers.

Hoje eu aprendi: que durante a década de 2000, o Google, Apple, Adobe, Intel e várias outras bigtechs tinham um acordo mútuo para não contratarem funcionários uns dos outros, a fim de manter os salários baixos. Isso levou a uma ação coletiva de $400mi.

Na edição de hoje, em 5 minutos:

  • O Presente de 100 anos da Disney…

  • O que rolou mundo afora: StackOverflow, LinkedIn, Goldman Sachs, Youtube, PayPal

  • Elon musk X Bots

  • O que rolou Brasil adentro: Nubank, Cora

  • O fim das turbulências em aviões

Techdrop é a newsletter de tecnologia e negócios que não escrita e nem lida por bots. Para provar, responde esse e-mail e nós responderemos de volta.

Os Presente de 100 anos da Disney…

disney, tiktok, bob iger, streaming, bets, espn

A Disney apagou 100 velinhas de aniversário esta semana e, apesar do Mickey ainda não ter cabelos brancos, tem motivos tanto para comemorar quanto para se preocupar:

Para celebrar:

  • Social: uma parceria novinha em folha com o TikTok no segmento premium de anúncios, o Pulse Premiere. Através dela, a Disney - que possui 240 bilhões de visualizações no app - colocará seus vídeos à disposição para que outras marcas coloquem anúncios. Além disso, o TikTok irá oferecer uma sessão dedicada dentro do app para que os fãs possam assistir os vídeos da marca, criar seus próprios usando os efeitos e músicas, reproduzir curiosidades com temas dos personagens e até colecionar cartões de seus jogadores favoritos

  • Bets: outra parceria, dessa vez com a Penn Entertainment, irá criar o cassino online do Pato Donald, kind off. O app, ESPN Bet, que será lançado nas app stores já no mês que vem, é a primeira aposta da Disney no universo das apostas e busca tirar o máximo de proveito da sua audiência esportiva da ESPN e pegar um pedacinho dos $180bi de dólares que a indústria irá movimentar até 2030.

  • Parks and Cruises: vão gerar $10bi de lucro este ano - bem acima dos $2.2bi gerados há 10 anos atrás. Para dobrar a aposta, a Disney irá investir $60bi ao longo dos próximos 10 anos para expandir os parques nacionais, internacionais e a linha de cruzeiro.

    Obs: para construção da Disney Shanghai (China), Paris (França), Hong Kong (China), Orlando e Anaheim (EUA) + 8 navios + 1 porto privado, foram investidos $30bi.

Para se preocupar:

  • Canais Abertos: o antigamente lucrativo conglomerado de canais de TV da Disney está desmoronando rapidamente. TV a Cabo e canais abertos (nacionais e internacionais) estão em declínio e o CEO está com a lojinha aberta buscando potenciais compradores.

  • Streaming: O substituto, teoricamente, da TV aberta e grande aposta seria o Disney+ que, na verdade, está queimando mais dinheiro que gerando, perdendo subscribers e com um custo de produção gigante (mesmo que ninguém mais aguenta o Homem-Aranha #23891).

O CEO Bob Iger voltou da sua aposentadoria - que durou apenas 2 anos - para substituir o outro Bob (Chapek) com a missão nada fácil de reorganizar a casa. Apesar de Mídia historicamente ter sido a grande responsável pelo triunfo do Bob, o ‘mundo da mídia’ hoje é diferente. Enquanto isso, as ações da Disney se mantém estagnadas durante o ano, já dos seus rivais não: Comcast subiu 30% e a Warner Bros. Discovery subiu 50%.

O que rolou mundo afora

  • StackOverflow: o fórum dos desenvolvedores e programadores está demitindo 28% dos funcionários (100).

  • LinkedIn: a rede social para contratações, está demitindo cerca de 3% da sua força de trabalho (668 funcionários).

  • Goldman Sachs: fez tanta pressão que o seu CEO, David Solomon, decidiu parar com o seu side-hustle de DJ.

  • YouTube: até que demorou mas, finalmente, está bloqueando o acesso de usuários com Ad-Blocker.

  • PayPal: lançou um recurso de rastreamento de pacotes que permite ver o status dos pedidos mesmo que a compra aconteça fora do app.

U$1 para provar para Elon que você não é um Bot!

x, twitter, elon musk, $1, bot

Novos usuários que quiserem entrar na X (o antigo Twitter), criando contas pela Nova Zelândia e Filipinas, terão que pagar $1 dólar por ano pelo privilégio de fazer parte do reino de Elon.

A iniciativa faz parte do programa Not a Bot, que irá começar nos dois países, é restrita para novos usuários criando conta via web (não mobile) e que também precisarão verificar o número de celular. Novamente, o objetivo é reduzir spam, manipulação e atividade de bots na plataforma.

Quem não topar abrir a carteira, ainda poderá ter acesso somente de leitura. Mas, se quiser escrever e interagir, vai precisar do faz-me-rir.

A cada $1500 gastados no mundo, quantos vão para o AirBnb?

Respota ao final da news...

Login or Subscribe to participate in polls.

O fim das turbulências em aviões

aviões, turbulências, startup, turbulence

As turbulências podem nunca terem sido a causa das quedas de aviões. Mas, com certeza, são motivo de desespero de muitos passageiros que, às vezes, nem chegam a embarcar se a previsão não for céu azul, limpo e calmo. Mas para o desespero dos fabricantes de rivotril, as turbulências podem estar perto do fim…

A startup Turbulence Solutions está usando tecnologia de cancelamento de ruído (do som) para desligar a turbulência (em aviões) usando software. E os resultados iniciais já mostram uma redução das cargas de turbulência sentidas por passageiros em +80%. Como?

  • Controle direto de sustentação: é obtido ajustando dinamicamente o formato da asa em vez de girar toda a aeronave - como fazem os pássaros.

  • Previsão de carga de turbulência: permite antecipar proativamente os impactos da turbulência, em vez de apenas reagir após a sua ocorrência.

Enquanto uma turma senta em um quarto escuro com medo da IA 'roubar' seus empregos, outras turmas aproveitam a tecnologia para perceber, prever e controlar melhor o mundo ao nosso redor, melhorando fundamentalmente nossa condição humana.

O que rolou Brasil adentro

  • Nubank: comprou uma porrada (dezenas) de URLs similares à verdadeira como uma estratégia de prevenção de fraude.

  • Cora: foi alvo de um ataque hacker que conseguiu retirar dinheiro da conta de 38 correntistas, em um valor total de R$ 600 mil.

Se a tomada de decisão for uma ciência...

Patrocinado por MATH

… quem melhor para nos ensinar que os markemáticos da MATH.Group?

Quanto mais alto você sobe na escada corporativa, maior será o seu nível de responsabilidade sobre os resultados e a multiplicidade de escolhas à sua frente.

Estima-se que um ser humano comum tome 35k decisões em um dia normal. Porém, Warren Buffett, discutivelmente o melhor investidor de todos os tempos, é famoso por tomar 1 boa decisão a cada 5 anos - o suficiente para atingir um retorno satisfatório de 3.787.464%.

Seja você daqueles que preferem um PF padrão com uma só opção ou daqueles que escolhem um buffett quilométrico com opções infinitas, existem métodos para te guiar no processo de tomada de decisão.

E é esse o principal tema da 3a Semana de Digital Analytics da MATH: Dados norteando a tomada de decisão. Aproveite e tome a decisão de aprender a tomar decisões →

Contra dados não há argumentos

A Ascensão e Queda das Ações da Disney, via MarketWatch

Stats do dia

Segundo o fundador do Airbnb, Brian Chesky, $1 a cada $1500 dólares gastos no mundo são gastos no Airbnb - que atualmente transaciona o mesmo que o PIB da Croácia

via Brian Chesky

O que achou da edição de hoje?

Login or Subscribe to participate in polls.

Join the conversation

or to participate.