• TechDrop
  • Posts
  • 🎤 Drop The Mic com Head Growth Startse

🎤 Drop The Mic com Head Growth Startse

Toda sexta, entrevistamos leitores do TechDrop na série "Drop The Mic”. Queremos saber quem é a pessoa por trás do cargo de Linkedin e, o quê ela pode ensinar pra gente.

Nosso rockstar de hoje é ninguém menos que… Marcelo, mais conhecido como Pimenta (seu sobrenome), Sócio e Head de Growth da StartSe.

Muito antes de ser visto nos palcos das maiores conferências enterprise nacionais, já estava nos palcos do interior de SP como guitarrista da banda DoGroove.
Quando não está dando ordens de crescimento para o time na capital paulista, pode ser encontrado recebendo ordens do filho Bruno ou da esposa Bruna em Guararema-MG. Com a palavra, Mr Pepper:

“Como um fracasso, ou aparente fracasso, o preparou para o sucesso posterior? Você tem um “fracasso favorito” seu?
Tenho um baita fracasso pra contar. Por volta de 2016, estava prestes a me casar e decidi abandonar o cargo de diretor de marketing da Veisure Alarms no Brasil. Na época, tinha uma sala para chamar de minha, um carro executivo e tudo "na mão".
Decidi empreender sozinho, criando uma empresa de geração de leads para bancos e seguradoras. Logo percebi que o modelo não era sustentável, o dinheiro ficava todo para o Google e nada para o caixa. Pivotei para o mercado de educação com cursos de Growth Hacking. E nessa época, a StartSe estava buscando alguém para comandar Growth. Conversamos, deu match e o resto é história.

“Se você pudesse ter um outdoor gigante em qualquer lugar com qualquer coisa nele – metaforicamente falando, levando uma mensagem para milhões ou bilhões – o que ele diria e por quê?
Siga sua intuição, execute todos os dias e não desista. O pote de ouro está logo ali.

“Qual é um dos melhores ou mais valiosos investimentos que você já fez? (Pode ser um investimento de dinheiro, tempo, energia, etc.)”
Sem a menor dúvida, o melhor investimento que existe é em educação e networking. Especialmente as mentorias e os grupos de negócios são ativos que realmente aceleram resultados.

Recentemente me aproximei bastante de figuras como Natanael Oliveira, Doug Demarco, Roberto Altenhofen e Vitor Monteiro.

Sem contar que temos o nosso Master Program, o único grupo do Brasil que traz líderes do topo da economia brasileira.

Acredito que quanto melhor você é em sua área, mais você consegue aprender e compartilhar com sacadas incríveis dessas rodas de negócio.

“Qual é um hábito incomum ou uma coisa absurda que você ama?”
Eu moro na beira do rio Paraíba do Sul em Guararema.
Um hábito meio diferente que tenho é pegar um café e sentar por alguns minutos olhando toda aquela água e aquela natureza e praticando o exercício da gratidão. Isso é reconfortante.

“Qual compra de R$ 100 ou menos teve um impacto mais positivo em sua vida nos últimos seis meses (ou na memória recente)?
Por incrível que pareça, a compra mais bizarra e impactante em minha memória recente foi um microfone sem fio de lapela para iPhone. Ele custa menos de R$40 e você encontra no Mercado Livre.

“Nos últimos cinco anos, qual nova crença, comportamento ou hábito melhorou mais sua vida?”

Sem a menor dúvida, o nascimento do meu filho foi o ápice da minha transformação como ser humano.

No meu caso, ter um filho foi como encontrar respostas que estavam pairando sobre minha cabeça há anos. Recomendo fortemente para os leitores que estejam pensando a respeito.

“Quando você se sente sobrecarregado ou sem foco, ou perdeu o foco temporariamente, o que você faz? (Se for útil: que perguntas você faz a si mesmo?)”

Eu vou dar uma dica que para mim tem funcionado muito:

No primeiro sinal de desfoque, eu abro o Spotify e ligo algumas bandas de metal muito pesadas, como Slipknot, Polaris, Killswitch Engage e por aí vai…

Esse tipo de som é o que mais tem funcionado para mim e recomendo!

“Que conselho você daria a um estudante universitário inteligente e motivado prestes a entrar no “mundo real”? Que conselho eles deveriam ignorar?”

Caro estudante universitário, quase tudo que você está aprendendo agora não vai servir para nada.

Sendo assim, trate de tomar uma decisão em sua vida: empreender ou ganhar experiência trabalhando para alguém.

Mas faça isso rápido.

Ir às festas é muito legal, mas não faça disso um hábito nocivo.

O tempo é curto demais para ser perdido em besteiras.

“Quais são as recomendações ruins que você ouve em sua profissão ou área de especialização?”

Acho que uma das maiores baboseiras que os marketeiros falam por aí é sobre criar muito conteúdo “topo de funil” antes de fazer um pitch de vendas. Todo conteúdo pode (e deve) conter um pitch de vendas, assim como os americanos nos ensinam há décadas com o marketing de resposta direta.

Se você acredita naquilo que você vende, porque ter medinho de vender?

Todo conteúdo que você faz deve ter uma chamada para ação.

Valeu Pepper, you rock!

Join the conversation

or to participate.